A mamografia é um exame radiológico para detecção das doenças da mama no seu estágio mais inicial e, principalmente, para o diagnóstico precoce do câncer, o que possibilita tratá-las com mais facilidade e maior êxito. Como também à procura de nodulações e microcalcificações. Cada mama é avaliada, basicamente, em duas incidências (quando necessário serão acrescidas magnificações, ampliação da imagem ou compressões localizadas).

A mamografia é feita por um profissional especializado (técnicas), com curso de especialização em mama. E interpretado por um médico especialista em mamografia.

A mamografia é um procedimento rápido, que leva cerca de 15 minutos. Os resultados ficam disponíveis dentro de alguns dias.

Se você já fez mamografia é importante que a traga quando vier realizar novos exames de mama, pois a comparação entre os exames anteriores e o atual proporciona um diagnóstico mais preciso.

Orientações:
· Como as mamas de algumas mulheres são particularmente sensíveis, tente programar a sua mamografia depois que o seu período menstrual tenha terminado.
· Não estar grávida (a não ser após autorização do obstetra).
· Trazer o exame anterior para comparação.
· Guardar as radiografias por 5 anos para avaliar a estabilidade das lesões.
· Deixar sempre o endereço e telefones atualizados para contato.
· Para ter uma garantia maior sobre a qualidade do resultado, prefira clínicas equipadas com mamógrafos e evite os serviços que utilizam aparelhos de raio x adaptados para a mamografia.

Fatores de Risco
A mamografia é especialmente indicada para mulheres que se enquadram em alguns dos fatores de risco para desenvolver câncer de mama, como histórico de doença na família, não ter tido filhos ou ter tido a primeira gestação após os 30 anos.
Esse recurso também é indicado para mulheres abaixo dos 40 anos que notarem algum sintoma de câncer de mama: nódulo no seio, mamilo invertido e inchaço com aparência de casca de laranja.

Qual a importância da Mamografia?
A descoberta precoce de cânceres mamários através da mamografia, aumenta muito as chances de um tratamento bem-sucedido. Os benefícios da mamografia quanto a uma descoberta precoce e tratamento do câncer mamário são muito significativos, sendo muito maiores do que o risco mínimo da radiação e o desconforto que algumas mulheres sentem quando a mama é comprimida durante o exame.

Como é realizado o exame de Mamografia?
O exame produzirá uma sensação de pressão na mama por apenas alguns segundos, se sentir qualquer desconforto comunique o técnico. Procure marcar o exame logo após a sua menstruação, quando a possibilidade das mamas estarem doloridas é menor.

Existe algum preparo para o dia do exame?
Procure no dia do seu exame usar roupa de duas peças, pois você terá de tirar a roupa da cintura para cima, evite usar desodorante, creme, talco ou perfumes nas mamas e nas axilas, essas substâncias podem deixar resíduos que interferem no resultado do exame.

Porque poderá ser solicitado que o paciente retorne à Radicom para fazer uma complementação?
Porque sempre que houver dúvidas em relação à alguma imagem ou mesmo para melhorar a qualidade do exame, serão solicitadas incidências (imagens) complementares.

Qual é a eficiência deste exame?
A mamografia é a maneira mais avançada, eficaz e precisa de detectar o câncer de mama em seu estágio inicial. Você deve realizar também o auto exame das mamas mensalmente, e consultar seu médico regularmente para que ele realize o exame clínico das mamas.

Outras perguntas
Se houverem perguntas ou dúvidas adicionais converse com seu médico ou outra pessoa da área médica.

O Diagnóstico do Câncer da Mama
Apesar de ser um tumor maligno, o câncer de mama é uma doença que pode ser curada se detectada a tempo, o que nem sempre é possível pois o medo de um diagnóstico é muito grande. Não perca tempo!
Se você acha que tem um caroço na mama, procure um médico imediatamente!

Como é feito um diagnóstico:
· Auto-exame
· Exame clínico
· Mamografia
· Biopsia

Auto-exame:
A maioria dos nódulos que aparecem nas mamas são benignos. Os cistos são alterações benignas mais comuns. São dolorosos aumentam antes da menstruação. Eles não se transformam em câncer.

Os fibroadenomas também são tumores benignos freqüentes e podem ser tratados facilmente apenas com uma pequena cirurgia, geralmente com anestesia local.

A saída de secreção pelo mamilo pode ser normal. Porém, quando esta saída de secreção é de um lado só, sai sem apertar e é sanguinolenta ou totalmente transparente (como água), deve ser investigada.

O câncer é um nódulo que cresce rapidamente e geralmente não dói.

Como realizar o auto-exame


Exame clínico
È o exame das mamas realizado pelo médico.
O exame das mamas deve ser feito rotineiramente em consulta ginecológica, a cada seis meses.
Além do ginecologista, existi ainda um médico especialista em doenças das mamas, chamado mastologista. Em caso de dúvida, o ginecologista pode encaminhar a paciente ao mastologista.
Além disso, qualquer médico pode fazer o exame das mamas, inclusive o clínico geral.

Mamografia
Para saber se um tumor é benigno ou maligno, o médico precisará fazer alguns exames. O principal deles é a mamografia, que é feita com um aparelho de raio-x especial.
Este exame é muito simples: consiste em colocar a mama entre 2 placas de acrílico, a qual será comprimida. É importante saber que para fazer um exame adequado é necessário comprimir um pouco a mama. Portanto pode incomodar se for realizado quando as mamas estiverem dolorosas (por exemplo: antes da menstruação).
Assim deve ser realizado cerca de uma semana após a menstruação.
A mamografia permite descobrir o câncer de mama quando o tumor é bem pequeno e ainda não é percebido na palpação.

Biópsia
Quando o exame de palpação ou a mamografia forem suspeitos, é necessária a confirmação do diagnóstico através da biópsia. A biópsia ou core biopsy é a retirada de um pedaço do nódulo suspeito através de uma pequena cirurgia ou através de agulha. O nódulo ou de calcificações podem também ser retirado por inteiro. Este material é então analisado e depois de alguns dias, se for necessário, faz-se a cirurgia.

Biópsia e cirurgia
Com freqüência, a mulher que possui um nódulo suspeito pode fazer a biópsia e a cirurgia de uma só vez. Enquanto a paciente aguarda na sala de cirurgia, ainda anestesiada, o caroço é retirado e imediatamente analisado, confirmando ou não o diagnóstico de câncer. Se confirmado, continua-se a cirurgia com a retirada parcial ou total da mama.

É importante saber que em nenhum dos casos existe prejuízo para o tratamento. Não existe solução ideal. Fazer a cirurgia no mesmo dia ou após alguns dias não irá mudar nada. Cada paciente nesta situação deverá conversar com seu médico para decidir o que é mais adequado.

Tecnóloga Tânia Cristina dos Santos Paz
Dra. Adriana da silva Valadão

RADICOM - 30 anos
Av. Erico Veríssimo, 624. Porto Alegre - RS - Cep : 90160-180
Fones (51) 32182400    32182401   32182402    32182403    32182404    32182405    32182406

Radicom Zona Norte - Rua Álvares Cabral, 65, CEP 91350-250 - Fone (51) 3345.3500